06/07/2024
POLÍTICA

 

Piauí é um dos estados mais rápidos em tempo de registro de empresas


O Piauí está, mais uma vez, entre os estados mais rápidos em tempo médio de registro de empresas, segundo o ranking do mês de abril divulgado pela Redesim. A celeridade do trabalho executado pela Junta Comercial do Estado do Piauí (Jucepi) é resultado de uma crescente busca por inovação e melhorias que tornam o processo mais rápido e acessível ao usuário.

Ano passado, a Jucepi encabeçou diversas melhorias, atuou na coordenação do grupo de trabalho responsável pela Lei Estadual da Liberdade Econômica (lei n.° 825/2023) e da elaboração do Decreto que instituiu a listagem das Atividades Econômicas de Baixo Risco (n.º 21981/2023). Isso colocou o Piauí em primeiro lugar, com maior número de atividades dispensadas de atos públicos de liberação: 909 atividades, ao todo.

A inovação é uma das palavras-chave da gestão estadual e a Jucepi está alinhada a esse pensamento com o novo Portal Piauí Digital, o Gov.Pi Empresas, que além da nova interface, possui login único e padronização da identidade visual. O Gov.Pi Empresas integra 251 serviços digitais, o que faz os registros de empresas serem mais fáceis e rápidos, além de integrar também os serviços de regularização e renovação disponibilizados pelos demais órgãos. Outra inovação foi a automatização da consulta prévia de endereço nos 20 maiores municípios do Piauí.

Para a presidente da Jucepi, Alzenir Porto, a classificação do Piauí entre os estados mais rápidos mostra que os serviços oferecidos pela Jucepi são ágeis, o que torna o ambiente de negócios ainda mais confortável para os empresários.

“A nossa determinação é que, a cada dia, possamos melhorar cada vez mais esse ambiente, tanto que, no final do ano passado e no início deste ano, o número de atividades de baixo risco subiu para 909, uma decisão do governador Rafael Fonteles que trouxe melhorias aos serviços oferecidos aos empresários e colocou o Piauí em primeiro lugar com maior número de atividades dispensadas de atos públicos de liberação”, afirma a presidente. 

presidente.jpg
Presidente Alzenir Porto

O Piauí ainda mais rápido

Pensando em melhorar cada vez mais o ambiente de negócios, este ano a Jucepi trabalha para chegar ainda mais longe na eficiência dos serviços fornecidos no portal Gov.Pi Empresas. Para Alzenir Porto, a Jucepi olha para o que ainda tem que ser melhorado e já trabalha para dar mais agilidade na liberação das atividades de médio e alto risco.

“Estamos trabalhando para melhorar o médio e alto risco. Para isso, estamos em contato com os órgãos que trabalham com essa classificação, como a Semarh, a Vigilância Sanitária, o Corpo de Bombeiros e a Adapi. Estamos trabalhando de uma forma a deixar cada vez mais seguro e, ao mesmo tempo, reduzindo o tempo da emissão dessas licenças. Quem ganha com isso é o Estado, a população, o empresário e nós, que trabalhamos para oferecer um serviço cada vez mais qualificado”, conclui a presidente.

Como inovação, a Jucepi também está estudando o uso de Inteligência Artificial (IA) no Portal Gov. Pi Empresas, para oferecer ainda mais recursos ao usuário que acessa os serviços da plataforma.

 

piauidobem.com (c) 2017 - Todos os direitos reservados.