06/07/2024
SAÚDE

 

Ceir completa 16 anos como centro de excelência em reabilitação no Piauí


O Centro Integrado de Reabilitação (Ceir), unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), celebrou, nesta segunda-feira (6), 16 anos de dedicação e serviços prestados à comunidade piauiense. Para comemorar o aniversário, uma solenidade foi realizada nas instalações do Centro, com corte simbólico do bolo entre colaboradores e pacientes.

Desde sua fundação, em 2008, o Ceir tem sido um pilar fundamental na reabilitação de pacientes com deficiência física, auditiva, intelectual e, após a pandemia, pacientes com sequelas da Covid-19. Ao longo desses anos, o Centro alcançou marcas impressionantes, incluindo mais de dois milhões de atendimentos realizados desde o início de suas operações. O projeto reflete o espírito de colaboração e responsabilidade social, sob a gestão da Associação Reabilitar.

Ceir3.jpg

Além de consultas e reabilitações especializadas, o Ceir dispõe de uma Oficina Ortopédica e um moderno Centro de Diagnóstico, equipado para realizar os mais diversos tipos de procedimentos e exames, todos custeados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Durante a solenidade, que reuniu colaboradores e pacientes, o superintendente executivo da Associação Reabilitar, Aderson Luz Carvalho, destacou que o sucesso do Centro vem do trabalho em equipe desenvolvido pelos colaboradores. “O trabalho de todos é executado em equipe. Já passamos por muitas adversidades, mas sempre juntos. Durante esses anos, tivemos muito mais momentos felizes, desde o momento que podemos ver os pacientes reabilitados até quando chegam novos pacientes”, ressaltou.

Ceir 4.jpg

Prestigiando a solenidade, o secretário estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo, pontuou sobre a importância do Centro para pessoas que possuem algum tipo de deficiência. “O Ceir também transformou a minha vida, a minha órtese foi fabricada aqui na Oficina Ortopédica. Sem ela eu não poderia me locomover e estar por todo o estado levando essa mensagem que nós que temos algum tipo de deficiência somos capazes, e que precisamos apenas de uma oportunidade”, finalizou.

Ceir5.jpg

 

piauidobem.com (c) 2017 - Todos os direitos reservados.