06/07/2024
CONCURSOS

 

Piauí +Genética: Sada abre inscrições para inseminações em bovinos


A Secretaria da Assistência Técnica e Defesa Agropecuária (Sada) está com as inscrições abertas para o programa Piauí + Genética. O criador com interesse em participar do programa pode realizar o seu cadastro por meio do site da Sada ou procurar os escritórios regionais da Sada/Adapi que respondem por seu município ou a Secretaria de Agricultura de municípios que tenham convênio com a Sada até o dia 10 de abril. Nessa etapa, a previsão é que o Piauí + Genética atenda 2 mil pequenos e médios criadores, executando a inseminação artificial em tempo fixo (IATF), em 26 mil animais. O foco são os bovinos de corte e leiteiro.

O programa será executado com um aporte financeiro inicial feito pelo Governo do Estado, no valor de R$ 4 milhões. O recurso será utilizado para a contratação da empresa que fará as inseminações e para a aquisição do sêmen das raças Nelore (gado de corte), Holandesa, Gir Leiteiro e Girolando (gado de leite), além dos botijões de armazenamento do material.

Piaui-Genetica ok.jpg

“Iniciamos as inscrições do programa e passaremos a realizar as inseminações em bovinos. É importante ressaltar que iremos adquirir sêmens da melhor qualidade com foco em rebanhos de corte e de leite.  Nos bovinos de corte, vamos utilizar sêmen de touros da raça nelore, que é a raça que predomina em quase 80% do rebanho de corte nacional. No gado de leite, como temos uma variabilidade de grau sanguíneo, nos cruzamentos de animais zebus e taurinos, nós vamos usar as raças holandesa, gir leiteiro e girolando, para que a gente possa dar oportunidade ao criador de fazer o acasalamento mais adequado para o nosso tipo de criação e melhor adaptação ao nosso clima”, diz o secretário da Sada, Fábio Abreu, que ainda chama atenção para critérios que devem ser seguidos pelo produtor, para que esteja apto a participar do programa.

“Além de estar atento ao prazo de inscrição, o produtor deve ter conhecimento que para participar do programa deve ter seu cadastro realizado junto à Adapi, além disso, a vacinação do rebanho contra febre aftosa deve estar obrigatoriamente em dia”, conclui o gestor, lembrando que o Piauí irá realizar a última imunização do rebanho de 01 a 30 de abril, e que nesta etapa não haverá prorrogação do prazo.

Antes do início das inscrições, as diretorias de Inovação e de Operações, Elaboração de Projetos e Captação de Recursos da Sada realizaram uma reunião virtual com os coordenadores regionais e extensionistas, para alinhar as estratégias de divulgação e execução do programa.

“Tivemos a oportunidade de mostrar melhor a essência do Piauí +Genética, os nossos objetivos e onde queremos chegar.  Nesse primeiro momento, que é o das primeiras inscrições ao programa, repassamos a necessidade que temos de estar mais próximos do criador, orientando, tirando dúvidas, para que o programa possa ter o maior sucesso possível. Tenho certeza que nós vamos avançar bastante no sentido de evoluir nosso programa, porque essa técnica da inseminação artificial em bovinos é, acima de tudo, a implantação de uma cultura, onde o criador pode entender com mais facilidade alguns gargalos que impedem o rebanho dele de crescer e melhorar geneticamente e quantitativamente”, afirma André Nogueira, diretor de Inovação.

Libonato de Carvalho, diretor de Operações, Elaboração de Projetos e Captação de Recursos, explica que o Piauí +Genética também irá contribuir para as ações de extensão rural e de assistência técnica realizadas pela secretaria, destacando o trabalho que será realizado pelos extensionistas da Sada.

“Para participar efetivamente do programa, cada produtor tem que seguir alguns critérios, como por exemplo, um protocolo sanitário e de manejo do rebanho, estar em dia com a vacinação, ter um pequeno curral, um pequeno brete, ter comida para esse rebanho, capim, seja ele graminha ou forrageira de leguminosa. O fato é que a alimentação é fator indispensável. E a Sada atuará na orientação e no processo educativo desses produtores. Nossos técnicos, que atuam lá na ponta, terão papel fundamental, eles receberão as demandas e acompanharão todos os passos”, explica o diretor.


DOAÇÃO DE CAPRINOS

O pontapé inicial do Piauí +Genética aconteceu em dezembro de 2023, com a distribuição de 30 animais reprodutores melhoradores, do tipo caprinos, para pequenos produtores do Piauí das cidades de Anísio de Abreu, Barras, Brejo, Campo Maior, Jatobá e José de Freitas. A ação foi realizada durante a 72ª edição da Exposição Agropecuária do Piauí (Expoapi).  À época, os animais foram escolhidos com o crivo da Associação Piauiense de Criadores de Caprinos e Ovinos do Estado do Piauí (Apiccovi).

Whats_App_Image_2023_12_08_at_19_40_23_8409dff532.jpeg

Os animais entregues estão servindo as propriedades por tempo determinado, em uma modalidade de rodízio. “Quando eles estiverem cobrindo as filhas, nós vamos recolher esses animais e recolocar um novo animal nesse rebanho, até que possamos sentir o efeito do melhoramento genético”, diz André Nogueira.

Os técnicos da Sada estão acompanhando todo o processo, como parte das ações de extensão rural que integram o programa.

 

piauidobem.com (c) 2017 - Todos os direitos reservados.